Home / Artigos

Artigos

A VIVÊNCIA DO AMOR – Fátima Luisa Giro

m000130485

EXPRESSÃO DO AUTÊNTICO EXPOSITOR ESPÍRITA Vinde a mim, todos os que andais em sofrimento e vos achais carregados, eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e  humilde de coração e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e meu fardo é leve. (Mateus, XI: 28-29- 30.) “(…) duas asas conduzirão o Espírito Humano à presença de Deus. Uma chama-se Amor; a outra, Sabedoria.(…) Através do amor, valorizamo-nos para a vida. Através da sabedoria, somos, pela vida valorizados. Daí o imperativo  de marcharem juntas, a inteligência e a bondade. (Emmanuel-Pensamento e  Vida, cap.4)  “(…) os efeitos da lei de amor são o aperfeiçoamento moral da raça humana e a felicidade durante a vida terrestre. Os mais rebeldes e os mais viciosos deverão se reformar quando virem os benefícios produzidos por esta prática: Não façais aos outros o que não quereríeis que vos fosse feito, mas fazei-lhes, …

Leia Mais »

A MISSÃO E O MISSIONÁRIO: A EDUCAÇÃO DO ESPÍRITO – Celisa Maria Germano

allankardec02

A fim de nos conscientizarmos da condição de beneficiários da obra de Allan Kardec, desse acervo imenso de esclarecimentos, que marcaram efetivamente uma nova etapa na evolução humana, é necessário pensarmos em Kardec na sua época. Juntos, viajarmos para o passado, a fim de compreendermos os costumes, os valores sociais, políticos, religiosos e principalmente, as limitações por ele vivenciadas, para com exatidão sentirmos o quanto estava a frente do seu tempo. Ah! Também não contou com a máquina de escrever (1870) e os benefícios que esta lhe daria no seu trabalho; não conheceu o telefone, inventado em 1876; não desfrutou do fonógrafo –1877. O conforto da luz elétrica em 1879. Não vivenciou o encurtamento das distâncias e do tempo propiciado pela invenção do automóvel – 1885. Sequer ouviu as primeiras ondas do rádio – 1895. No entanto, sua obra e sua figura transcenderam o tempo e marcaram a história da Humanidade, sem a ajuda da propaganda e imprensa de …

Leia Mais »

CONSTRUINDO PONTES DE AFINIDADE – André Trigueiro

construindo-pontes

Não é difícil perceber o primeiro traço comum entre Ecologia e Espiritismo: são ciências sistêmicas que procuram investigar, cada qual com sua ferramenta de observação, as relações que sustentam e emprestam sentido à vida. Essa visão sistêmica da realidade se revela de forma tão explícita nas duas ciências, que o que aparece em certas obras espíritas poderia perfeitamente embasar alguns postulados ecológicos. Em A Gênese(1), uma das obras básicas da doutrina espírita, a relação de interdependência preconizada pelos ecologistas aparece descrita da seguinte maneira por Allan Kardec: Assim, tudo no universo se liga, tudo se encadeia, tudo se acha submetido à grande e harmoniosa lei de unidade. (Cap XIX, p. 280) Em outro trecho, afirma: De sorte que as nebulosas reagem sobre as nebulosas, os sistemas reagem sobre os sistemas, como os planetas reagem sobre os planetas, como os elementos de cada planeta reagem uns sobre os outros, e assim sucessivamente, até ao átomo. (Cap. XVIII, p. 408) A …

Leia Mais »

SEM O CONHECIMENTO DE NÓS MESMOS NÃO HÁ REFORMA INTIMA

who-am-i

Quando Sócrates (um dos precursores da mensagem de Jesus) nos recomendou o conhecimento de nós mesmos, talvez não imaginasse o alcance atual da proposta. Jesus deixou claro quem somos nós e a que viemos; bem como o caminho mais fácil para atingir nosso objetivo maior: a plenitude do amor; após cumprirmos todas as etapas evolutivas, passo a passo. A Doutrina dos Espíritos tão bem formatada por Kardec e depois complementada por vários Espíritos como Emmanuel e André Luiz, através da mediunidade de Francisco Cândido Xavier, nos trouxe notícias a respeito de onde nos localizaremos e como viveremos no Plano Espiritual. O Espiritismo veio agregar novas; mas já pálidas e algumas até defasadas atribuições ao postulado de Sócrates. Somos seres em constante evolução. Na empreitada do progresso é preciso responder a algumas questões básicas que o Espiritismo quase elucida com simplicidade e precisão: QUEM SOMOS NÓS? Uma vez definido que somos espíritos eternos filhos de um mesmo Pai, luz da mesma …

Leia Mais »

OS DESAFIOS DO SÉCULO XXI E A EDUCAÇÃO DO PRINCIPIANTE ESPÍRITA

futuro-do-atendimento-1

“Ai do mundo, por causa dos escândalos. Porque é necessário que sucedam escândalos, mais ai daquele homem por quem vem o escândalo” Jesus (Mateus, XVIII:7) Muito tem se falado no tempo de transição que atravessamos atualmente e suas inevitáveis implicações na educação do homem moderno, que sofre uma modificação de ideias e de consciência, tornando-se cada vez mais globalizado e compenetrado de seu papel na transformação da sociedade. Porém, não raro, as pessoas mostram-se perdidas quando são chamadas à transformação moral necessária para o enfrentamento dos desafios atuais e para a manutenção do equilíbrio mental, essencial para a saúde do Espírito. Mortes coletivas, catástrofes naturais, violência, inversão dos valores familiares e morais, aturdem a todos e batem à nossa porta, convidando-nos à reflexão e à tomada de atitudes positivas, à modificação de antigos comportamentos prejudiciais, que nos darão condições de fortalecimento para as crises que virão, ora como provas, ora nos mecanismos de ação e reação, causa e efeito, até …

Leia Mais »

TESOUROS E REVELAÇÕES DA REVISTA ESPÍRITA DE ALLAN KARDEC

Revista-espirita

Na Revista Espírita editada desde janeiro de 1858 até junho de 1869, Kardec propôs estudar todas as fontes que fornecessem observações instrutivas e interessantes sobre os fatos espíritas ainda pouco conhecidos, com explicações baseadas nos princípios do ensino dado pelos Espíritos e sem acrescentar suas próprias ideias. Para tanto pediu que lhe fosse enviado tudo o que se relacionasse aos vários assuntos de que queria tratar: manifestações materiais, fatos de lucidez sonambúlica e de êxtase, segunda vista, previsões, pressentimentos, algum poder oculto das pessoas, lendas e crenças populares, visões e aparições, fenômenos psicológicos que ocorrem no instante da morte, problemas e ocorrências morais, fatos de devotamento e abnegação para servir de exemplo, além de opiniões sobre o relacionamento dos Espíritos com os homens, em épocas distantes ou na atualidade, etc, etc. Neste livro os leitores irão encontrar as entrevistas realizadas por Kardec com inúmeros Espíritos, a maioria composta de pessoas como nós, sem fama, que desencarnaram pelos motivos mais diversos, desde mortes …

Leia Mais »

A felicidade não é deste mundo.

felicidade

Mário Sérgio Vellei Desde tempos imemoriais, na própria origem da humanidade, nos momentos iniciais desta jornada pelo reino hominal, o Espírito encarnado busca vencer a dor e as vicissitudes, as angústias e os medos, buscando tranquilidade e segurança. Nesta busca, um conceito foi se formando: o da felicidade. Vivemos tentando definir este sentimento, tendo ele passado pelas mais diversas ideias e jamais sendo obtido em sua plenitude pelos habitantes deste planeta. Na Grécia surgiu a ideia de que a felicidade se nutre do belo, através da cultura do Espírito. Epicuro, filósofo grego do período Helenista, acreditava que a chave da felicidade é a sabedoria. Sócrates, no momento derradeiro da sua existência, afirmou: “O homem não são suas vestes, seu invólucro, mas seu Espírito”. Posteriormente o ideal epicurista sofreu violenta transformação, passando essa Escola a representar um conceito deprimente, por expressar gozo, posse, prazer sensual. Os continuadores deste filósofo fixaram o epicurismo nas lutas pela propriedade, ensinando que o homem …

Leia Mais »

A Difícil Missão da Mãe de Jesus – Paulo Oliveira

maria-mae-de-jesus

Toda vez que temos de escrever sobre Maria de Nazaré é sempre uma tarefa muito complexa e que demanda muita atenção, pois deve ser realizada com muita responsabilidade e respeito. Maria de Nazaré é a “personalidade sublimada”, conforme Emmanuel em A Caminho da Luz, livro psicografado por Chico Xavier, que foi escolhida para desempenhar a missão complexa e desafiadora de ser a mãe do Messias, Jesus Cristo, em sua encarnação missionária. Diz-nos Emmanuel, que quando chegou o tempo previsto para a vinda do Cristo, as entidades angélicas do sistema solar, movimentaram-se “nas proximidades da Terra, adotando providências de vasta e generosa importância” que foram levadas a efeito. “Escolhem-se os instrutores, os precursores imediatos, os auxiliares divinos.” Assim num trabalho planejado e de grande relevância no mundo espiritual, processou-se a escolha daqueles que auxiliariam Jesus em sua missão de libertação pelo amor por excelência. Todos esses colaboradores do Cristo prontificaram-se a exercer a sua missão, cada qual conforme as determinações do alto e …

Leia Mais »

A mensagem dos três Reis Magos

tres-reis-magos

Adriana Miranda Pulcina “E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do Rei Herodes, eis que uns Magos vieram do Oriente a Jerusalém, perguntando: Onde está o Rei dos Judeus, recém-nascido? Com efeito, vimos a sua estrela no Oriente, e viemos a adorá-lo.”  Mateus 2:1-2 O evangelista, Mateus, o único que relata a visita dos Magos a Jesus, e, no seu relato, ele não diz quantos eram os Reis Magos, nem mesmo o nome deles. Sabemos apenas que eram mais de um, pois ele faz a citação no plural. Diziam-se guiados por uma estrela e vinham render-lhe homenagens. Mateus, também não os nomeia Reis, mas, Magos. Não há nenhuma referência à suposta condição de Reis, como são conhecidos. Eles desenvolviam as ciências naturais, a medicina, a astronomia e o culto. Os Magos recebiam o título de sacerdotes e sábios. Isto lhes conferia muita influência sobre a sociedade. Os Reis também os recrutavam para que …

Leia Mais »

Marcos Pontes, o 1°Astronauta brasileiro

Marcos-Pontes-e-Silvia-Cristina-Puglia

Entrevista no programa de TV da FEESP “Um Sentido Para Sua Vida” com Marcos Pontes, o 1°Astronauta brasileiro Nascido em Bauru, interior de São Paulo em 1963, Marcos é astronauta profissional, especialista de missão, formado pela NASA (EUA) e pela ROSCOSMOS (Rússia). Atualmente, palestrante motivacional, Coaching especialista em desempenho pessoal e desenvolvimento profissional, Mestre em Engenharia de Sistemas, Engenheiro Aeronáutico pelo ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), Diretor Técnico do Instituto Nacional para o Desenvolvimento Espacial e Aeronáutico, Embaixador Mundial do Ensino Profissionalizante, Embaixador das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, presidente da Fundação Astronauta Marcos, onde desenvolve vários projetos sociais. Em Março de 2006, Marcos realizou a primeira missão espacial tripulada da história do Brasil: A Missão Centenária. Permaneceu no espaço por 10 dias e tornou-se o primeiro astronauta do Brasil. Comemoramos no mês de Abril de 2015, nove anos deste feito. Silvia Cristina Puglia – Gostaria de começar perguntando sobre sua vida. Onde Nasceu? Como foi sua infância? Marcos Pontes– Eu nasci em …

Leia Mais »